Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Aluno > IFG > Últimas notícias > Candidatos respondem à Carta Aberta das universidades públicas
Início do conteúdo da página
Fórum IPES

Candidatos respondem à Carta Aberta das universidades públicas

Documentos apresentam propostas às demandas da UFG, do IFG, do IF Goiano e da UEG

Gestores da UFG, do IFG, do IF Goiano e da UEG
Gestores da UFG, do IFG, do IF Goiano e da UEG

Os candidatos a governador de Goiás encaminharam documentos com propostas direcionadas às Instituições Públicas de Ensino Superior do Estado (IPES). Os oficios são uma resposta à Carta Aberta aos candidatos, subscrita pela Universidade Federal de Goiás (UFG), Instituto Federal de Goiás (IFG), Instituto Federal Goiás (IF Goiano) e Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Os documentos encaminhados aos reitores das quatro instituições pontuam, cada qual à sua maneira, os compromissos assumidos em um eventual governo, contemplando o aporte de investimentos para a área de educação, ciência e tecnologia. A Carta Aberta, entregue aos candidatos no último dia 11 de setembro, ressalta a importância de valorização e apoio sistemático por parte do Executivo às universidades públicas como condição indispensável para o desenvolvimento econômico e social do Estado de Goiás. Em ofício aos candidatos, os reitores solicitaram que as respostas fossem encaminhadas até esta segunda-feira, 24/09. No entanto, este espaço mantém-se aberto para os demais candidatos que ainda queiram enviar respostas às demandas das IPES.

Confira a Carta Aberta aos candidatos ao Governo do Estado de Goiás

Confira a carta resposta do candidato Daniel Vilela

Confira a carta resposta do candidato José Eliton

Confira a carta resposta do candidato Marcelo Lira

Confira a carta resposta do candidato Ronaldo Caiado

IPES

As quatro instituições integram o Fórum das Instituições Públicas de Ensino Superior de Goiás (Ipes), criado em 2012 para conjugar esforços para a racionalização de seus recursos, compartilhamento de infraestrutura e equipamentos e alinhar suas ações de forma a potencializar o desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa e extensão, visando o desenvolvimento científico, tecnológico, social e econômico de Goiás.

A carta aos candidatos faz uma defesa pública da Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado de Goiás (Fapeg). Os reitores reivindicam o fortalecimento do órgão, por meio do cumprimento integral do artigo 158 da Constituição Estadual, garantindo os repasses na forma de duodécimo, alterando-se a restrição contida na Emenda Constitucional nº 50/2014 e, além disso, a ampliação gradativa, até o ano de 2022, os recursos, até que alcancem o equivalente a 1% da receita líquida de impostos e transferências.

 

Fonte : Secom/UFG

 

Notícias (Aluno)

Fim do conteúdo da página