Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Saúde

Encontro do Ministério da Saúde discute prevenção combinada em HIV/Aids

Criado: Segunda, 19 de Fevereiro de 2018, 18h18 | Última atualização em Terça, 10 de Abril de 2018, 16h47

Aluno do IFG Câmpus Águas Lindas participa de oficina de prevenção combinada promovida pelo Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV), do Ministério da Saúde.

imagem sem descrição.

 Cerca de 60 representantes da sociedade civil e de movimentos sociais do Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás participaram, entre os dias 7 e 9 de fevereiro, em Brasília, da Oficina de Prevenção Combinada com Jovens - Região Centro-Oeste. Durante os três dias foram realizadas atividades ligadas à juventude, prevenção, sexualidade, discriminação, preconceito e estigma. Os jovens também debateram quais as formas de atuação em suas respectivas regiões e construíram agenda de intervenção local para ações de Prevenção Combinada em HIV/Aids. O evento foi o último dos sete encontros realizados nas cinco regiões brasileiras, desde 2017.

 

Em uma das atividades realizadas na oficina, os participantes foram divididos em cinco grupos e apresentaram suas propostas de itens para a mandala de prevenção. Dentre os assuntos propostos estão a conscientização, informação, acolhimento, quebra de tabu, direitos garantidos, igualdade, redução de danos, educação sexual nas escolas e humanização dos profissionais de saúde e das pessoas.

 

Para o estudante do curso Técnico Integrado em Análises Clínicas do IFG, Câmpus Águas Lindas, Wallace Filho, sua participação na oficina foi uma oportunidade de novos aprendizados e crescimento profissional. Ao longo de sua formação Wallace focou no desenvolvimento de pesquisas sobre IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis), com foco no vírus HIV e hepatites virais: “As discussões e reflexões sobre as politicas públicas de saúde no Brasil são essenciais para a elaboração de um plano efetivo de intervenções com o intuito de promover a prevenção, principalmente, em municípios com alta vulnerabilidade socioeconômica”, destacou Wallace Filho.



Maiores informações em: http://www.aids.gov.br/pt-br/noticias/jovens-do-centro-oeste-participam-de-oficina-de-prevencao-combinada
Galeria de fotos: http://www.aids.gov.br/pt-br/galeria/oficina-regional-de-prevencao-combinada-com-jovens 


Informações do Câmpus Águas Lindas/com colaboração para o artigo de Mariana Nóbrega

Fim do conteúdo da página