Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Relações Étnico-Raciais

As relações étnico-raciais e o papel da CPPIR são temas de roda de conversa realizada no IFG

Importância das políticas e as diretrizes para promover a igualdade foram algumas das pautas do encontro que ocorreu na Reitoria

  • Criado: Quarta, 20 de Novembro de 2019, 19h10
  • Última atualização em Segunda, 09 de Dezembro de 2019, 14h30
Relações étnico-raciais e CPPIR são temas de roda de conversa conduzida pelo professor Neville
Relações étnico-raciais e CPPIR são temas de roda de conversa conduzida pelo professor Neville

 

Celebrado no dia 20 de novembro, o Dia Nacional da Consciência Negra propõe uma importante reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira e também a respeito do reconhecimento dos descendentes africanos no âmbito da construção da sociedade brasileira. E nesta quarta-feira, aproveitando a data simbólica, a Reitoria do Instituto Federal de Goiás promoveu uma roda de conversa com o professor e membro da Comissão Permanente de Políticas de Promoção da Igualdade Étnico-Racial (CPPIR) do IFG, Neville Júlio de Villasboas e Santos. Na ocasião, o docente falou sobre as relações étnico-raciais ao longo da história brasileira e também sobre a importância institucional da Comissão.

Além de servidores da Reitoria, participaram da conversa a diretora executiva da Instituição, professora Adriana Reis, e também o pró-reitor de Desenvolvimento Institucional e Recursos Humanos, Amaury França.

Professor Neville Santos e servidores da Reitoria durante a roda de conversa

 

Para o professor da área de Ciências Sociais, Neville Santos, que trabalha no Câmpus Anápolis, o acesso da população negra às instituições de ensino melhorou bastante nos últimos anos com as políticas que foram criadas. Contudo, chamando atenção para a necessidade da promoção das políticas de combate ao racismo e da promoção de igualdade étnico-racial, o docente ponderou que “é preciso analisar a efetividade daquilo que foi instituído e propor diretrizes para promover essa questão de forma mais crítica. O ingresso é muito importante, mas é essencial pensar e promover, de fato, a permanência desses alunos na Instituição”.

Além de traçar um panorama histórico a respeito das relações étnico-raciais no Brasil, Neville também falou a respeito da Comissão Permanente de Políticas de Promoção da Igualdade Étnico-Racial do IFG. Destacando a importância da Comissão, o docente ressaltou o papel que essa instância desempenha e chamou a atenção para o processo eleitoral de escolha dos novos membros que deve se iniciar em breve em toda a Instituição. No âmbito do IFG, como pontuou o docente, a CPPIR tem a finalidade de formular, coordenar, articular e acompanhar a efetivação das políticas e diretrizes institucionais para a promoção da igualdade étnico-racial e também para a defesa dos direitos humanos. E essa instância passará por um novo processo eleitoral.

Com a publicação da Resolução n. 28 do Conselho Superior, do dia 16 de setembro, que estabelece mudanças na Comissão, o IFG terá, a partir das próximas eleições, as CPPIR locais e também a CPPIR central. Segundo o documento formulado pelo Consup, o processo eleitoral das CPPIR locais será realizado por meio de reunião geral por categoria, que deverá ser convocada pelo diretor-geral do câmpus (ou pela diretoria executiva). Nesse processo, serão escolhidos os membros discentes, docentes e os servidores técnico-administrativos que farão parte das comissões locais. Essas reuniões, de acordo com Ana Elizabete Barreira Machado, coordenadora da Comissão Provisória de Promoção da Igualdade Étnico-Racial, deverão acontecer entre os dias 25 e 29 de novembro. Os membros da CPPIR central, por sua vez, serão escolhidos posteriormente.

 

Acesse a Resolução n. 28 do Consup e saiba mais sobre as eleições.

Conheça a CPPIR: https://www.ifg.edu.br/comissoes/cppir.

 

 

 

Diretoria de Comunicação Social/ Reitoria.

Fim do conteúdo da página