Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Relações Internacionais

Comitiva faz missão para tratar de convênios de mestrado e assinar acordo de tradução de língua de sinais

IFG já possui acordo com Instituto Politécnico de Porto há quatro anos

  • Criado: Terça, 17 de Outubro de 2017, 10h27
  • Última atualização em Sexta, 27 de Outubro de 2017, 07h44

Em visita oficial à Portugal, comitiva de reitores dos institutos federais, entre eles o do Instituto Federal de Goiás (IFG), professor Jerônimo Rodrigues da Silva, está tratando de novos convênios para realização conjunta de mestrados para servidores, projetos de pesquisa e o projeto Lapassion. Na ocasião foi assinado também o Acordo de Cooperação Técnica que visa complementar o software de tradução bidirecional de línguas de sinais, o chamado Virtual Sign.

Jerônimo conta que o convênio do IFG com o Instituto de Porto existe há quatro anos. “Além de mestrados, temos projetos de pesquisa em conjunto. Podemos trazer bons frutos para o próximo ano”, diz.

O acordo foi assinado pelo reitor do IFG e pela presidente do Instituto Politécnico de Porto (P.Porto), Maria do Rosário Gambôa Lopes Carvalho. Pelo acordo, o IFG, por meio dos pesquisadores e bolsistas, desenvolverá o protótipo de luva, contendo sensores que possibilitam a identificação do posicionamento dos dedos das mãos, de forma a reconhecer as configurações de mãos de sinais utilizados nas Línguas de Sinais. Isso para fazer o processo de tradução da língua portuguesa de Portugal para a brasileira. As duas instituições realizarão a instalação e os testes dos equipamentos e softwares do Virtual Sign em instituições da Rede Federal, para validá-lo.

Além do reitor, fazem parte da comitiva os pró-reitores de Pesquisa e Pós-graduação do IFG, Ruberley Rodrigues de Souza, e de Desenvolvimento Institucional, Amaury França Araujo, e o professor e coordenador do programa de mestrado do Câmpus Jataí, Paulo Henrique de Souza, além dos reitores dos institutos federais do Maranhão, Francisco Roberto Brandão Ferreira, que também é presidente do Conselho das Instituições da Rede Federal (Conif), e do Triângulo Mineiro, Roberto Gil Rodrigues de Almeida. Eles estarão em missão estrangeira até o dia 22 de outubro. Antes de retornarem passarão na Espanha para reuniões sobre o projeto LAPASSION.


Veja mais informações sobre o projeto do Virtual Sign.

 

LAPASSION

Além dos projetos mencionados, a comitiva brasileira também está tratando do projeto LAPASSION, que é a criação de uma plataforma que cria rotas turísticas no Norte de Portugal tendo em conta o perfil dos utilizadores, as condições climatéricas e o esforço exigido para percorrer determinados caminhos, está a ser desenvolvida pelo Politécnico do Porto (P.Porto).

Pela plataforma "TheRoute" será possível aconselhar os utilizadores sobre os dias e o horário de funcionamento dos locais a visitar, considerando os seus gostos e preferências e destacando os pontos de interesse ao longo dos percursos determinados para cada turista, explicou à Lusa o vice-presidente do PPorto Carlos Ramos, responsável pelo projeto.

A tecnologia terá uma componente offline, em que o planeamento é feito antes de o turista começar a rota, e outra online, que será utilizada quando este já estiver a percorrer a rota.

Neste projeto, que estará concluído no fim de 2018, estão envolvidos estudantes das oito escolas do P.Porto e de institutos federais do Brasil, das áreas de informática, de marketing digital, da música, da literatura, do patrimônio, dos estudos interculturais e da saúde.

O "TheRoute" faz parte do LAPASSION - Latin-America Practices and Soft Skills for an Innovation Oriented Network, um projeto liderado pelo PPorto e financiado pelo programa do Erasmus+, em um milhão de euros, que tem como objetivo transportar boas práticas europeias para países da América Latina.

No LAPASSION pretende-se desenvolver projetos multidisciplinares, que envolvam estudantes dos vários países envolvidos e de domínios de conhecimento diferentes, nos quais estes possam "demonstrar paixão pelo projeto".

Do Brasil, participam institutos federais do Sul Riograndense, do Triângulo Mineiro, de Goiás, do Maranhão, do Amazonas e o Conselho dos Reitores dos Institutos Federais do Brasil.

 

Veja vídeo com a reunião entre os institutos e o P.Porto.

 

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria. Com informações do site português www.noticiasaominuto.com.

 

Fim do conteúdo da página