Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Câmpus Goiás

Participação do IFG é destaque na 20ª edição do Festival Internacional de Cinema (FICA)

O evento contou com filme premiado e atividades que envolveram toda a comunidade acadêmica

  • Criado: Segunda, 11 de Junho de 2018, 10h46
  • Última atualização em Quarta, 27 de Junho de 2018, 07h29
Equipe em filmagens no Rio Araguaia
Equipe em filmagens no Rio Araguaia

 A 20ª Edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA) mais uma vez teve presença marcante da comunidade acadêmica do IFG – Câmpus Cidade de Goiás. Pela terceira vez um filme realizado com apoio do Núcleo de Produção Digital (NPD) é premiado na Mostra Competitiva do Festival. “Diriti de bdé Buré”, dirigido por Silvana Beline, estudante do Bacharelado em Cinema, ganhou o Prêmio João Bennio de melhor filme goiano.

A produção, primeira realização cinematográfica da diretora Silvana Beline, é uma narrativa da vida de uma ceramista de bonecas karajá, habitante da margem do Rio Araguaia. Segundo ela, o filme foi realizado sob a influência de duas disciplinas ministradas no curso de Cinema: a primeira, do professor Estevão García, estimulou a escrita do projeto inicial, e a outra, da professora Marcela Borela, trabalhou a prática da realização de documentário. “Quando conheci o lugar percebi que havia uma relação muito forte da ceramista com a aldeia e também com a sua neta, então eu quis mostrar a ligação e a importância dessa ceramista de 73 anos que luta pelo reconhecimento e transmissão do conhecimento de seu povo. Eu fiquei muito emocionada e agradecida pela oportunidade de poder dar visibilidade a esse trabalho”.

Além da premiação na Mostra Competitiva, o documentário levou os prêmios da Mostra ABD de melhor som, para Sankirtana Dharma (estudante que fez a captação do som) e Guile Martins (professor que fez a finalização e mixagem de som); e de direção de fotografia, para Matheus Leandro (estudante). Silvana fez questão de agradecer o envolvimento dos docentes e dos colegas e de ressaltar a importância do IFG na Cidade de Goiás. “Eu quero agradecer muito os professores e colegas que contribuíram com extrema competência e dedicação e também enfatizar a importância do IFG para nossa formação e seu papel essencial, enquanto instituição pública”.

O estudante do 7º período do bacharelado em Cinema, Sankirtana Dharma, premiado na Mostra ABD, destacou que, apesar das dificuldades operacionais, é preciso persistir na realização das produções dentro das universidades públicas. “Parece óbvio, mas o cinema que nos cabe é o cinema que está ao nosso alcance. Hoje estamos melhor equipados, mas na época em que fomos filmar em Aruanã, levamos emprestados equipamentos do NPD e improvisamos a vara de boom com um cabo de pintura de parede de dezesseis reais e nada disso foi impedimento para que fizéssemos o filme que levou o prêmio de melhor produção goiana no FICA. Também chamo a atenção para o papel da universidade pública como ferramenta fundamental no processo de transformação da sociedade refletido claramente neste FICA pela quantidade de produções que surgiram deste contexto”, conclui.

 

Outras participações

Durante a semana, toda a comunidade acadêmica do IFG se envolveu nas mais diversas do Festival. O IFG foi parceiro na Tenda Goiás, que teve a seguinte temática: “Goiás: município saudável e sustentável”, com a participação do Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor (SIASS) na roda de conversa sobre segurança alimentar e desenvolvimento sustentável; e a da professora de Agroecologia Viviane Evangelista, que falou sobre as Plantas não Convencionais (PANCs).

As estudantes do bacharelado em Cinema Yolanda e Morgana trabalharam na cobertura do evento realizando um making of. Os estudantes do curso de Artesanato e da licenciatura em Artes Visuais realizaram feira, exposições de trabalhos, oficinas e apresentações artísticas na Praça do Chafariz.

No sábado pela manhã, os estudantes do 3º período de Artes Visuais, sob a orientação da professora Naira Rosana, ministraram uma oficina da técnica de aquarela usando tintas extraídas de elementos naturais.

 

Veja  a matéria do FICA sobre as premiações.

Veja no Facebook mais fotos da participação do IFG no FICA .

 

Comunicação Social/Câmpus Cidade de Goiás.

 

 

 

 

Fim do conteúdo da página