Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
SENADOR CANEDO

Seminário discute a oferta de novos cursos pelo Câmpus

Criado: Quinta, 29 de Junho de 2017, 14h42 | Última atualização em Quinta, 29 de Junho de 2017, 14h45

Estudo prevê a implantação de duas graduações e quatro cursos técnicos, sendo um deles a distância

O Câmpus Senador Canedo do Instituto Federal de Goiás (IFG) realizou na manhã desta terça-feira, 27, na Biblioteca Municipal Arlete Tenório Castro, o Seminário de Planejamento do Câmpus. A atividade teve como objetivo apresentar o estudo, os critérios e a proposta para novos cursos elaborada pela Comissão de Planejamento, e discuti-la com a comunidade acadêmica.

Na análise, a Comissão recomenda que além dos cursos já ofertados o Câmpus oferte duas graduações, uma em Engenharia da Produção e outra de Tecnologia em Manutenção Industrial; três técnicos subsequentes, em Plástico, Manutenção Automotiva e Química, este último na modalidade a distância; e mais um técnico integrado, em Meio Ambiente.

A proposta apresentada pela Comissão deverá ser analisada ainda pelas instâncias deliberativas do Câmpus e da Reitoria.

“Consideramos diversos aspectos para chegar a esta proposta, entre eles os eixos de atuação do Câmpus, além da infraestrutura e dos recursos humanos. Também levamos em conta dados do Observatório do Mundo do Trabalho, da Fundação Mauro Borges e do IBGE”, explicou o membro da Comissão de Planejamento, Benjamim Pereira, que acrescentou, ainda, que a comunidade acadêmica pode encaminhar, por escrito, sugestões à proposta.

A instituição da Comissão de Planejamento e a solicitação do estudo foram feitas pelo Diretor-Geral do Câmpus, Aldemi Coelho Lima. Segundo ele, não há ainda uma definição a respeito dos cursos que serão ofertados, o que dificulta ações de planejamento. “O Câmpus precisa saber quais cursos ofertará para que a gestão possa planejar a infraestrutura e os recursos humanos, por exemplo. Além disso, os cursos precisam estar inseridos no Plano de Desenvolvimento Institucional, o PDI, e para que isso aconteça é preciso que haja uma decisão”, disse.

 

Coordenação de Comunicação Social/Câmpus Senador Canedo.

Fim do conteúdo da página