Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Estrutura Organizacional
Início do conteúdo da página

Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional e Recursos Humanos

Criado: Segunda, 02 de Maio de 2016, 14h43 | Última atualização em Sexta, 15 de Fevereiro de 2019, 09h24

 

Diretoria de Planejamento

A Diretoria de Planejamento é responsável pelo assessoramento no planejamento estratégico da Instituição, a partir do acompanhamento e avaliação sistemática da execução do PDI e pela sistematização do Relatório Anual de Gestão do IFG.

  • Assessorar a PRODIRH nas proposições de elaboração, revisões e atualizações do PDI do IFG;
  • Acompanhar e apresentar semestralmente à PRODIRH o relatório da execução do Planejamento Institucional do IFG;
  • Assessorar a PRODIRH e subsidiar as demais Pró-Reitorias e Direções-Gerais dos Câmpus na elaboração do Plano Anual de Trabalho de cada exercício;
  • Sistematizar, com o apoio de todos os Gestores do IFG, o Relatório Anual de Gestão do IFG para apresentação ao TCU;
  • Dar publicidade às ações institucionais a partir da elaboração e publicação do Anuário do IFG e dos Boletins de Informações Institucionais (BIT) a partir das demandas apresentadas pela Reitoria e/ou Câmpus do IFG;
  • Manter a estrutura organizacional do IFG atualizada nos sistemas computacionais internos e externos, de acordo com o Regimento Interno do IFG;
  • Coordenar as ações vinculadas ao desenvolvimento do escritório de processos do IFG;
  • Apoiar os setores da Reitoria no planejamento das ações institucionais para as quais for designada;
  • Dar suporte às ações de Planejamento dos Câmpus e setores da Reitoria;
  • Atuar junto aos Núcleos de Base do Observatório do Mundo do Trabalho dos Câmpus em articulação com ao OMT e as Pró Reitorias finalísticas;
  • Disseminar a política de gestão de riscos e apoiar sua implementação

 

Coordenação de Processos, Normas e Desenvolvimento Institucional;

Compete a Coordenação de Processos, Normas e Desenvolvimento Institucional: subordinada à Diretoria de Planejamento:

  • Criar/Atualizar as UORG´s conforme solicitado pelos setores solicitantes, e de acordo com o Regimento Geral do IFG;
  • Alimentar o Sistema de Organização e Inovação Institucional - SIORG e o Sistema Integrado de Administração de Pessoal – SIAPE, no concernente às Unidades Organizacionais;
  • Planejar, coordenar e supervisionar a modelagem de processos no IFG, assessorando os Câmpus e os setores da Reitoria

 

Coordenação de Planejamento Estatísticas e Monitoramento/PDI;

Compete a Coordenação de Planejamento, Estatísticas e Monitoramento do PDI, subordinada a Diretoria de Planejamento:

  • Acompanhar as ações previstas no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e alimentar o FORPDI, supervisionando sua efetivação;
  • Dar Suporte aos Câmpus quando da elaboração de seus Relatórios Anuais de Gestão;
  • Dar Suporte aos Câmpus quando da elaboração de seus Planos Anuais de Trabalho – PAT, a luz do que orienta o Plano de Desenvolvimento Institucional;
  • Contribuir com as Pró-Reitorias e Diretorias Sistêmicas da Reitoria quando da elaboração de seus Planos Anuais de Trabalho, de forma a auxiliar na construção das conexões entre estas ações de planejamento;
  • Contribuir com o Gabinete da Reitoria na execução do Planejamento orçamentário da Reitoria;
  • Disponibilizar os dados institucionais através da publicação do Anuário/IFG;
  • Disponibilizar os dados institucionais através da publicação do Boletim de Informações Institucionais (BIT);
  • Disponibilizar dados institucionais quando demandados por outros setores do IFG;
  • Coordenar o trabalho de elaboração do Relatório Anual de Gestão da Instituição.

 

Coordenação do Observatório do Mundo do Trabalho;

Compete à Coordenação do Observatório do Mundo do Trabalho, subordinada à Diretoria de Planejamento:

  • Planejar, realizar estudos, prospecções, coleta e geração de dados sobre arranjos sociais, culturais e produtivos locais e regionais que permitam a melhor definição da atuação dos Câmpus do IFG;
  • Sistematizar, analisar e elaborar relatórios sobre o mundo do trabalho e a oferta de educação profissional, científica e tecnológica local e regionalmente no Estado de Goiás;
  • Estruturar redes e procedimentos pesquisas, análises, produção e sistematização de informação sobre o mundo do trabalho e a oferta de educação profissional, científica e tecnológica, com vistas à avaliação, intensificação e redirecionamento da atuação local e regional de todos os Câmpus do IFG;
  • Subsidiar as instâncias competentes na viabilização da articulação contínua da atuação do IFG com as expectativas sociais, o mundo do trabalho, as políticas governamentais e de Estado que assegurem o desenvolvimento social, científico e tecnológico;
  • Planejar, realizar estudos, prospecções, coleta e geração de dados sobre a atuação profissional dos estudantes e alunos egressos, com vistas na avaliação, dos currículos, a intensificação e redirecionamento da atuação local e regional de todos os Câmpus do IFG;
  • Articular e promover a atuação conjunta das instituições públicas de educação profissional, científica e tecnológica para que não haja sobreposição de atuações e seja otimizada a atuação em rede e ampliado o atendimento às expectativas e necessidades sociais;
  • Dar suporte aos Câmpus na elaboração dos Planos de Ofertas de Cursos e Vagas (POCV);
  • Coordenar o trabalho dos Núcleos de Base do OMT implementado nos Câmpus em articulação com as Pró Reitorias finalísticas.

 

Coordenação Geral de Integridade, Planejamento e Análise de Riscos.

  Compete a Coordenação Geral de Integridade Planejamento e Análise de Riscos subordinada à Diretoria de Planejamento:

  • Disseminar a política de gestão de riscos com o apoio da Auditoria Interna do IFG;
  • Propor a metodologia de gestão de riscos e suas revisões;
  • Definir a ferramenta de tecnologia necessária ao processo de gerenciamento de riscos a partir de dialogo com a DTI/IFG;
  • Dar suporte à identificação, análise e avaliação dos riscos dos processos organizacionais selecionados para implementação da gestão de riscos;
  • Consolidar os resultados das diversas áreas em relatórios gerenciais e encaminhá-los à Diretoria de Desenvolvimento Institucional, que o encaminhará ao Comitê de Governança, Riscos e Controles;
  • Consolidar os resultados das diversas áreas em relatórios gerenciais e encaminhá-los à Área de Planejamento, que o encaminhará ao Comitê de Governança, Riscos e Controles;
  • Oferecer capacitação continuada em gestão de riscos aos servidores do IFG;
  • Elaborar o plano de comunicação em gestão de riscos;
  • Aferir o desempenho da gestão de riscos objetivando a sua melhoria contínua;
  • Construir e propor ao Comitê de Governança, Riscos e Controles, os indicadores de desempenho para a gestão de riscos, alinhados aos indicadores de desempenho do IFG;
  • Solicitar aos encarregados de gerenciar riscos, as informações necessárias para a consolidação dos dados e a elaboração dos relatórios gerenciais;
  • Coordenação da estruturação, execução e monitoramento do Programa de Integridade; Orientação e treinamento dos servidores com relação aos temas atinentes ao Programa de Integridade;
  • Promoção de outras ações relacionadas à implementação dos planos de integridade, em conjunto com as demais unidades do órgão ou entidade.

 

Fim do conteúdo da página