Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Servidor > IFG > Últimas notícias > Qual a finalidade social dos conteúdos escolares? Questiona importante educador em palestra no IFG
Início do conteúdo da página
Câmpus Aparecida

Qual a finalidade social dos conteúdos escolares? Questiona importante educador em palestra no IFG

Professor João Luiz Gasparin trouxe aos estudante até mesmo um Plano Didático de Trabalho Docente e Discente para servir como modelo.

imagem sem descrição.

Nesta semana, estudantes dos cursos de licenciatura do IFG - Aparecida de Goiânia tiveram uma grata surpresa. A coordenação do curso de Pedagogia Bilíngue trouxe ao câmpus o professor João Luiz Gasparin, um dos principais intelectuais da educação da atualidade que tratam sobre a Didática da Pedagogia Histórico-Crítica. A palestra, intitulada “Método Dialético, Pedagogia Histórico-Crítica e Plano Didático de Trabalho Docente e Discente” foi ministrada na segunda-feira, 03, para um expressivo público do câmpus e de convidados de outras instituições, além de ter sido transmitida ao vivo pelo canal do Câmpus no Facebook: @IFGAparecida, onde permanece disponível ao público.

O professor Gasparin é filósofo por formação, mas desde 1970 vem pesquisando sobre métodos e técnicas do ensino. Em 1976 sagrou-se mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio Grande do Sul e concluiu o doutorado em História e Filosofia da Educação, em 1992, pela PUC São Paulo. Desde 1974 é professor no Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da Universidade Estadual de Maringá, no Paraná, integrando, atualmente, o corpo docente dos cursos de pós-graduação em Educação desta instituição.

Gasparin é autor do livro “Uma Didática para a Pedagogia Histórico-Crítica”, escrito no início da década de 1990, e que está em sua 5ª Edição pela Editora Autores Associados, e já foi publicado em Espanhol, em Lima, no Peru. Nas primeiras páginas de sua obra, o autor antecipa as questões que encaminharam a elaboração do seu projeto: qual a finalidade social dos conteúdos escolares? A escola tem acompanhado as transformações promovidas pela sociedade? Ela responde às necessidades sociais da atualidade? O que hoje a escola faz e para quê? E foi sobre estes pressupostos que o convidado iniciou sua conversa com os alunos do IFG Aparecida de Goiânia, perguntando a todos sobre o motivo que leva cada professor a dar sua aula de uma maneira própria.

Assim como Demerval Saviani, outro importante educador e pesquisador brasileiro, que defendeu e impulsionou a teoria Histórico-Crítica, o professor Gasparin, ao longo de sua trajetória, também vem se preocupando com uma visão progressista da educação, investigando os caminhos de um método dialético de elaboração do conhecimento, cuja base é Karl Marx, e a teoria Histórico-Cultural de Lev Vygotsky. Se Saviani compôs sua obra a partir de sua proposta de Pedagogia Histórico-Crítica, Gasparin desenvolveu uma Didática da Pedagogia Histórico-Crítica, criando nova camada de possibilidades para uma educação mais significativa, enraizada no mundo concreto e com vistas a uma verdadeira transformação social, por meio do reconhecimento de cada ser humano e de sua história, e em busca da emancipação dos sujeitos. Em outras palavras, tornar os sujeitos independentes, capazes de fazer escolhas, emitir opiniões e avaliar pontos positivos e negativos em diversas áreas de sua vida e da sociedade.

Segundo a professora Aleir Ferraz Tenório, que foi orientanda do professor Gasparin e é a pessoa responsável por trazê-lo ao IFG, receber esse educador e pesquisador em nosso câmpus, podendo ouvi-lo falar sobre o trabalho que desenvolve, foi um momento de grande importância para os alunos das licenciaturas de Aparecida. Segundo Aleir, “Trata-se de um autor que tem sido estudado e referenciado em muitas das disciplinas que são ministradas em nossos cursos de Pedagogia e de Licenciatura em Dança. Além de reconhecermos a riqueza dessa obra, que vem sendo desenvolvida em vários estados brasileiros e também fora do país”, diz. Sobre a repercussão do evento, a professora ressalta: “Vários alunos me procuraram após sua fala, relatando terem apreciado a atividade realizada e demonstrando interesse em aprofundar seus estudos sobre a Pedagogia Histórico-Crítica", finaliza.

A presença de Gasparin no Instituto Federal de Goiás – Câmpus Aparecida de Goiânia foi possível graças a uma parceria com a Universidade Federal de Goiás, que nesta mesma data contou com a participação do professor para um evento da área de Biologia, em Goiânia.

O vídeo com a gravação da palestra na íntegra está disponível em: https://www.facebook.com/IFGAparecida/videos/408108306446137/?epa=SEARCH_BOX

 Veja aqui as fotos da palestra.

 

Coordenação de Comunicação Social e Eventos / Câmpus Aparecida de Goiânia.

 

Notícias (Servidor)

Comunicados (Servidor)

Fim do conteúdo da página